Conselhos para o dia do Casamento

Depois de um banho prolongado, de um bom desodorizante, de ter espalhado um creme perfumado pelo corpo, está na altura de vestir o seu vestido de noiva (casamento).

Como se vestir:

Retire o vestido de casamento do saco ou da caixa em que veio embalado. Pendure-o num cabide num sítio alto, para que fique totalmente esticado.

Vista a lingerie, calce as meias e os sapatos de noiva. Coloque o saiote e confirme bem a altura do mesmo. Preste atenção para que a cauda do saiote fique para trás.

Peça ajuda a duas pessoas para que a ajudem no processo. Para que não estrague o penteado, o melhor é colocar o vestido por baixo, mas neste caso, só veste o saiote depois da saia.

Se é de duas peças, deixe a saia no chão, coloque-se no meio dela e puxe para cima. Levante os braços e deixe que as duas amigas coloquem o corpete e o saiote.

Se é só de uma peça (o vestido de casamento), o melhor é vesti-lo por cima. Levante os braços e baixe-se ligeiramente. As duas amigas irão alargar o vestido, para não estragarem o penteado e fazê-lo deslizar no seu corpo até ficar no devido lugar.

Não se esqueça de apertar todos os colchetes, botões e fechos, para que não existam percalços ao longo da cerimónia.

Coloque de seguida, as jóias e por último, o véu.

Sugestão: Tenha à mão, na bolsa de uma amiga próxima, um kit de costura e um par de meias extra, para qualquer eventualidade. Ter uma troca de sapatos, talvez seja também uma boa ideia, não vá haver um salto partido, ou outro dissabor do género durante o casamento.

Entrar e sair do carro:

A melhor forma, é entrar no carro de costas e não deslizar. Entre imediatamente no lado que sabe que vai sair e, estenda a cauda para o outro, de forma que, ao sair, esta venha atrás de si, o mais direita possível. Combine com antecedência (e ensaie, como vem na agenda), para que uma amiga, ou os pequenos pajens, a ajudem a levantar e esticar a cauda, a caminho do altar.

Durante a cerimónia:

Entrou na nave da Igreja. Respire fundo, é a sua entrada triunfal, é o Dia do seu Casamento. Oiça a música, observe os convidados e o noivo. Ande devagar e pontapeie, ligeiramente o vestido, de forma a não tropeçar. Se a cauda for muito grande, os pajens ou amiga(s), devem levantá-la ligeiramente, para que não seja demasiado difícil caminhar.

Deve sempre, estender a sua cauda, para o lado oposto ao do noivo. Afinal ele também faz parte do quadro.

Entregue o seu ramo, à madrinha, mãe ou dama de honra, durante a cerimónia. É mais simples e para si será um alívio. A troca de alianças torna-se mais simples e sem interrupções, tornando a cerimónia mais fluida, quase como um bailado clássico.

Na troca de alianças, olhe bem nos olhos do seu noivo, o dedo está lá e não foge, o importante nessa altura são as palavras e estas podem ser vistas e ouvidas. O resto é puro instinto do dia do casamento.

Pin It on Pinterest

Share This
Campos marcados com * são Obrigatórios.

Seja nosso Convidado.

Preencha o formulário ao lado para pertencer á nossa Guest List.

Receberá convites para assistir as passagens de modelos e futuros desfiles de moda.

 

O seu registo foi bem sucedido.